Quando você está no controle

Ou porque os seus planos não lhe satisfazem


Você já ouviu alguém dizendo que tem o controle da própria vida e não entrega para ninguém? Que faz o que bem entende e só ela sabe o que é melhor para si? Tiago 4.14-15 diz:
Vocês não sabem como será a sua vida amanhã, pois vocês são como uma neblina passageira, que aparece por algum tempo e logo depois desaparece. O que vocês deveriam dizer é isto: “Se Deus quiser, estaremos vivos e faremos isto ou aquilo.”
O primeiro ponto errado nesse tipo de pensamento é o elucidado por Tiago. Não sabemos o dia de amanhã, logo podemos projetar nossos planos, mas apenas o Senhor sabe se eles terão sucesso ou serão frustrados. Outro exemplo que me lembro é o da parábola contada por Jesus em Lucas 12.16-20.
Então Jesus contou a seguinte parábola: —As terras de um homem rico deram uma grande colheita. Então ele começou a pensar: “Eu não tenho lugar para guardar toda esta colheita. O que é que vou fazer? Ah! Já sei! —disse para si mesmo. —Vou derrubar os meus depósitos de cereais e construir outros maiores ainda. Neles guardarei todas as minhas colheitas junto com tudo o que tenho. Então direi a mim mesmo: ‘Homem feliz! Você tem tudo de bom que precisa para muitos anos. Agora descanse, coma, beba e alegre-se.’” Mas Deus lhe disse: “Seu tolo! Esta noite você vai morrer; aí quem ficará com tudo o que você guardou?”
Os planos daquele homem eram de sucesso aos olhos dele, mas não aos olhos de Deus. E Jesus concluiu: “—Isso é o que acontece com aqueles que juntam riquezas para si mesmos, mas para Deus não são ricos.” (v. 21).

Muitas pessoas passam a vida toda tentando controlar seus destinos, fazendo planos para si mesmos e não se preocupam em pensar o que Deus tem para elas. Qual o seu propósito terreno, seu chamado. Nós não fomos criados ao acaso. O Senhor nos deu dons e habilidades para utilizarmos na expansão do Reino de Deus.

Mas se temos uma postura defensiva, não permitindo que o Senhor nos oriente segundo os planos Dele para nós, acabamos nos frustrando, pois não estamos usando o nosso potencial naquilo que fomos criados para fazer. O plano pode até parecer bom aos nossos olhos, mas no fim, ficaremos frustrados como se faltasse algo, afinal:
“Assim como o céu está muito acima da terra, assim os meus pensamentos e as minhas ações estão muito acima dos seus”, diz o Senhor em Isaías 55:9.
Por fim, no livro de Provérbios, somos exortados a sempre ponderar nossas decisões e intenções:
14:12 Há caminhos que parecem certos, mas podem acabar levando para a morte.
16:2 Você pode pensar que tudo o que faz é certo, mas o SENHOR julga as suas intenções.
Que possamos estar ligados ao Senhor buscando sua orientação sobre o que devemos fazer, segundo a vontade Dele.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...