Devocional: Síndrome de Adão

sindromedeadao

Você já ouviu falar da Síndrome de Adão? Ela é bem frequente nos dias de hoje. Trata-se de culpar os outros pelos erros que cometemos. Em Gênesis 3.11-12, lemos o seguinte:

11  Então Deus perguntou: —E quem foi que lhe disse que você estava nu? Por acaso você comeu a fruta da árvore que eu o proibi de comer?
12  O homem disse: —A mulher que me deste para ser a minha companheira me deu a fruta, e eu comi.

Você conhece essa passagem. Deus havia dado uma ordem explícita a Adão:

E o SENHOR deu ao homem a seguinte ordem: —Você pode comer as frutas de qualquer árvore do jardim, menos da árvore que dá o conhecimento do bem e do mal. Não coma a fruta dessa árvore; pois, no dia em que você a comer, certamente morrerá.

Gênesis 2.16-17

Mas a mulher deixou-se enganar pela serpente e acabou comendo da fruta e ainda ofereceu ao seu marido. Ele vendo que a mulher havia comido, comeu também, mesmo tendo recebido ordens claras de Deus para que não fizesse isso.

Quando questionado por Deus, ele deixa bem claro que comeu a fruta porque a mulher que Deus havia dado como companheira, lhe ofereceu a fruta e ele comeu.

Muitas vezes ouvimos a mesma desculpa ao aconselharmos alguém. A tentativa de se isentar ou transferir a culpa para outra pessoa.

O que precisamos entender é que mesmo que haja uma influência, a decisão final, de pecar ou não, sempre será nossa. E é com esta responsabilidade que temos que ser confrontados e reconhecer o nosso pecado. Em 1 João 1.9, lemos:

Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade.

Simples assim. Se confessarmos o nosso pecado, ele nos perdoará e nos limpará de nossa maldade. Mas devemos confessar que pecamos, que entendemos a nossa responsabilidade sobre aquele ato. Quando tentamos transferir a culpa para alguém, não reconhecemos que somos pecadores. Não confessamos. Não cumprimos a nossa parte no acordo. Como esperamos que o Senhor faça a parte Dele, se nós não cumprimos a nossa? Essa é a importância da confissão de pecados.

Outro ponto importante da passagem sobre Adão e Eva é que ao ouvirem a vós de Deus, eles se esconderam. (Gênesis 3.7) A pessoa que possui um pecado oculto, mesmo quando decide responsabilizar outros pelo seu ato, tenta se esconder da presença de Deus, pois sabe que será confrontada pelo seu erro. Mas, vale muito mais a pena você reconhecer o seu pecado e viver uma vida correta perante o Senhor, desfrutando das promessas que Ele tem para você, do que passar o resto da sua vida se escondendo e dando desculpas para justificar suas atitudes pecaminosas.

Talvez, o que você praticou foi apenas uma vez, há muito tempo atrás. Mas até hoje você se esconde e vive aprisionado a este pecado. Entenda hoje que basta apenas uma confissão perante o Senhor e você será perdoado e limpo de toda a maldade. (1 João 1.9)

Ore comigo:

Senhor, eu reconheço que pequei contra Ti quando (cite o seu pecado), mas me arrependo e hoje, recebo o Teu perdão. Me purifique de toda a maldade e me ensina a andar nos Teus caminhos para que eu não peque mais. Muito obrigada Jesus pelo sacrifício na cruz que me liberta hoje. Amém.

Agora, creia que você foi perdoado e que o Senhor te purificou e viva livre de qualquer acusação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...