Quando não ouvimos a voz de Deus

Você já parou para pensar porque muitas vezes as nossas orações não são respondidas? Analise comigo a seguinte passagem bíblica:

E lhe disseram: Com que autoridade fazes tu estas coisas? ou quem te deu tal autoridade para fazer estas coisas?  Mas Jesus, respondendo, disse-lhes: Também eu vos perguntarei uma coisa, e respondei-me; e então vos direi com que autoridade faço estas coisas: O batismo de João era do céu ou dos homens? respondei-me. E eles arrazoavam entre si, dizendo: Se dissermos: Do céu, ele nos dirá: Então por que o não crestes? Se, porém, dissermos: Dos homens, tememos o povo. Porque todos sustentavam que João verdadeiramente era profeta. E, respondendo, disseram a Jesus: Não sabemos. E Jesus lhes replicou: Também eu vos não direi com que autoridade faço estas coisas. Marcos 11:28-33

Creio que assim como eu, você já leu esta passagem várias vezes e se escandaliza com a forma de pensar dos sacerdotes, escribas e anciãos que questionaram a Jesus. Mas ao ler o livro “O Desafio de Ouvir e Obedecer a Deus”de Joy Dawson, conheci uma nova visão.

Deus conhece o desejo do nosso coração, as nossas intenções. Então quando oramos a Ele, seja pedindo ou questionando, ele nos responde de forma que a nossa intenção é trazida a tona. Dependendo da nossa resposta a Ele, Ele libera uma resposta a nós ou se cala.

Esta revelação gerou um temor ainda maior no meu coração e agora sempre que desejo ouvir uma resposta do Pai, primeiro questiono a minha intenção. Se é algo egoísta, que pode prejudicar alguém ou até mesmo algo sem valor ou necessidade, nem ouso perguntar. Não que Ele vá fazer algo de ruim comigo, mas não quero entristecer o coração do Papai. Dessa forma, vou moldando o meu próprio caráter e passo a pensar como Ele.


E você, qual tem sido as suas intenções ao falar com o Pai?

Participe deste blog. Comente esta postagem abaixo. Utilize o nosso formulário de contato para sugestões, testemunhos e pedidos de oração. Vamos crescer juntas em Deus. Amém?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...