Hospitalidade - Planejar para receber bem

Agora é oficial, você irá receber aquela amiga para um chá, aquela família para passar um fim de semana. Planejamento é fundamental para que você não esqueça nenhum detalhe e tudo saia perfeito.

ID-10066553
Image courtesy of Ambro at FreeDigitalPhotos.net
Este post é um guia para planejamento geral. Em outra ocasião, estaremos postando idéias para reuniões e eventos específicos, como aniversários, noivados, chás de bebê, etc.

Primeiramente, você deve ter em mente que receber é um ato de amizade e não de desespero. Não adianta nada ficar neurótica com medo de dar tudo errado e não aproveitar a companhia de pessoas agradáveis que estão ali para compartilhar bons momentos com você.
- Hospitalidade - A arte de Receber bem
É importante que o convite seja feito com antecedência para que todas as dicas abaixo tenham efeito, então combine com o seu esposo que convidar amigos para almoçar faltando 20 minutos para o meio dia, não é nada legal.

Convidados

Nunca convide mais pessoas do que a sua casa comporte de forma confortável e de forma que você possa atender a todos sem que ninguém saia chateado por não receber atenção. Caso o número de convidados ultrapasse este nível, considere fazer a festa em algum salão, restaurante ou similar. Neste caso, considere a possibilidade de contratar ajuda, como um cozinheiro e/ou mordomo que irá cuidar discretamente de todo o serviço. Caso não seja possível financeiramente, peça ajuda a amigos ou parentes de confiança.

O Convite

Primeiramente, o tipo de evento vai ditar o tipo de convite que será feito, que pode variar desde um simples telefonema a um cartão personalizado. Normalmente em convites para almoço ou jantar simples para um casal de amigos, por exemplo, um telefonema basta, mas nada impede que você faça um mimo para seus convidados, imprimindo um convite ou mandando um e-mail/convite personalizado (com texto, imagem, etc.).
Duas semanas de antecedência é o ideal, mas não deixe ser menos que uma semana de antecedência, para dar tempo a você e aos convidados se planejarem. Dependendo do quão formal é o evento, não esquecer de informar um código de vestimenta.

Orçamento

Seja realista. Não tente impressionar ninguém, principalmente quanto a situação financeira não permite. Como falei anteriormente, o mais importante é a companhia de bons amigos. Os itens que vem abaixo são complementos, além do minimalismo nunca sair de moda, se for o caso.

Decoração

Você já fez o convite e agora tem que pensar na decoração. Vai ser algo mais casual ou formal? Independente da sua escolha, alguns dias antes, já separe a toalha de mesa, guardanapos e o que mais for usar à mesa, verificando se necessitam ser lavados (principalmente se estiverem guardados a muito tempo).
Se o seu jantar for temático (indiano, mexicano, páscoa, etc), pesquise com antecedência, escolhendo os itens que farão parte da sua decoração, se há algo a ser comprado, etc. Não deixe nada para a última hora, para evitar transtornos.
Verifique se você possui louças e talheres o suficiente para servir a todos, bem como para a apresentação dos pratos. Caso precise de mais, utilize descartáveis (já existem modelos resistentes e bonitos) ou ainda alugue peças sobressalente. Só mantenha o padrão. Descartáveis para todos ou louças combinando entre si.
Se você não possui um lavabo, dê atenção especial ao banheiro, retirando os itens de uso pessoal, inclusive perfumes e deixe algum mimo como decoração.
Se a casa precisar de limpeza pesada, faça isso com antecedência. Ninguém vai gostar de ter a sua anfitriã cochilando de cansaço no meio do jantar.
Cuide também do perfume do ambiente. Use essências e aromatizadores, mas cuidado! Não exagere, para não deixar ninguém enjoado.

Cardápio

Com certeza a estrela da festa. Não há decoração que ofusque um cardápio ruim. Sendo assim, invista um certo tempo escolhendo entrada, prato principal, acompanhamentos, sobremesa e bebidas. Pense também nos petiscos que devem ficar em uma mesa de fácil acesso na sala.
O número de convidados influencia no tipo de cardápio. Se todos cabem a mesa, você pode investir em um cardápio mais elaborado. Mas se não há lugar para todos fazerem a refeição confortavelmente, invista em comidinhas, pois não há nada mais chato do que comer com o prato no colo.
É importante também investigar se algum dos seus convidados possui alguma restrição alimentar (intolerância a lactose ou ao glúten, por exemplo). Se for o caso, vale a pena investir em um cardápio especial, respeitando as limitações de cada um.
Mas com relação ao cardápio, o mais importante ainda é ter noção das suas habilidades culinárias. Não adianta tentar aquele super cardápio em cima da hora. Se você não abre mão de algo mais elaborado, faça alguns testes antes e evite ficar sem o que comer.

Dicas adicionais:

Faça listas:

  • de compras;
  • de coisas a fazer (em formato de cronograma com data e prazos de cada etapa – decoração, receitas,etc.);
  • de convidados;
Desligue a TV. O momento é de vocês. Aproveite para conhecer melhor os seus convidados. Com certeza vocês irão aproveitar muito mais e dar muitas risadas.

      Não deixe de participar deste blog. Comente esta postagem abaixo. Utilize o nosso formulário de contato para sugestões, testemunhos e pedidos de oração. Vamos crescer juntas em Deus. Amém?

      This work is licensed under a Creative Commons Attribution By license.
      Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...