Devocional–Viver pela Fé ou pelo Medo

Chance Agrella

"Porque o Espírito de deus não nos fez covardes. Ao contrário, nos dá poder para para amar aos demais e nos fortalece para que possamos viver uma boa vida cristã” 2 Timóteo 1:7 (BLS)

Tens te dado conta de como os comerciais de TV mesclam informação suficiente com seu produto para fazer-lo acreditável? Ainda que a isso se chama falsa publicidade, o produto parece convincente. Não é até que compramos o produto e este falha que a fraude é descoberta. Da mesma maneira, Satanás se especializa em falsa publicidade. Ele é bom em fazer que nossos temores pareçam verdadeiros quando na realidade não são.

Isso significa que todos os temores são equivocados? Não. O temor de estarmos parados em uma montanha alta nos protege de chegarmos perto da borda, perder o equilíbrio e cairmos. Por outro lado, os fantasmas de Satanás estão cheios de enganos. Usualmente no incapacitam e nos impedem de progredir. Este tipo de falsa publicidade pode derrubar nossa fé e aumentar nossos temores.

Alguma te perguntasses aonde começaram nossas lutas entre a fé e o temor? Eu sei o que foi feito. De acordo com o autor e mestre Marlon Smith, o temor e entrou na raça humana mediante uma mentira satânica.

O Éden foi o primeiro lugar aonde a serpente enganou a Eva ao distorcer a palavra de Deus. O Senhor disse a Adão: "Podes comer de todas as árvores do jardim, porém da árvore do conhecimento do bem e do mal não deverás comer. O dia que comeres, certamente morrerás".(Genesis 2:16-17) Se ele ou Eva comessem dessa árvore, sem dúvida morreriam espiritualmente. Eva não somente comeu da árvore do fruto proibido mas também o ofereceu a Adão e ele o comeu também.

Tão certo como adão desobedeceu a Deus, a relação entre eles mudou. Adão não só sentiu temor como também duvidou da autoridade de Deus, de sua amizade e de sua provisão. A mentira de Satanás disse a Adão que ele não necessitava de Deus. De fato Adão foi persuadido de que poderia ser seu próprio Deus, autossuficiente em todas as coisas.

O mesmo nos pode suceder a ti e a mim. Algumas vezes tu e eu vivemos independentes da presença de Deus. Atuamos como se tudo dependesse de nós. Não nos atreveríamos em reconhecer que estamos perdidos. Queremos dar a impressão de ter o controle. Porém Deus nunca quis que fossemos por nossa própria força. Fomos desenhados para mostrar sua fortaleza em nossas debilidades, enquanto ele provê para nossas necessidades. Fomos criados para viver como crianças pequenas,dependentes do cuidado de nosso Pai celestial.

As vezes que insistimos em viver nossas vidas á nossa maneira, com nossa própria força, experimentaremos os mesmos resultados de Adão e Eva. Viveremos com temor. E é aí que Satanás quer que nós fiquemos.

se temos medo de provar algo, então nunca o faremos. Se o inimigo pode nos segurar pelo temor, não podemos desenvolver o nosso potencial, nem fazer a diferença na vida de outra pessoa. Satanás sabe do que somos capazes em Cristo. Ele nos envenena com temor para impedir que entendamos isso. A verdade é que o que tememos, quase nunca acaba. Esse tipo de temor se alimenta com as mentiras de Satanás. Pode se descrever como falsa evidência que parece real.

Não se trata de que nos preocupem certos aspectos da vida como a segurança e a saúde. Porém quando a preocupação se apodera de nós e nos mantemos acordados toda a noite e cabisbaixos durante o dia, temos mudado a um lugar aonde nunca supomos que viveríamos.

Devemos voltar a viver na presença de Deus e a depender de suas promessas e sua provisão. Só então poderemos distinguir entre a verdade e a mentira. Só então nossas vidas se caracterizarão pela fé e não por medo.

Oração:

Amado Deus, ajuda-me a ter discernimento entre os falsos temores e as verdadeiras preocupações. Enquanto memorizo tua palavra, faça que tua verdade esteja viva no meu coração para que eu possa lutar contra o medo e viver pela fé. Em nome de Jesus, Amém.

Aplicação:

Determina se teus temores são verdadeiros ou se são uma evidência falsa que parece real. Se teus temores são reais, preste atenção a eles. Se são um estratagema do inimigo, leva estes pensamentos cativos e entregue-os a Deus em oração.

Micca Monda Campbell

Fonte: Aliento Diario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...