A importância dos bons hábitos

 

Sabemos que o nosso corpo é o santuário do Espírito Santo (1 Coríntios 6.19) e que devemos glorificar a Deus com este corpo. Muitos ao lerem estes versículos pensam nos trajes que usamos, mas esquecem que a nossa saúde física faz parte deste louvor ao Senhor, pois ao cuidar de nosso corpo demonstramos zelo pela criação do Senhor.
Na sociedade moderna onde o culto ao corpo está em foco, existe uma linha fina entre estes cuidados e a vaidade. Mas se olharmos a luz da Palavra de Deus, veremos que em várias passagens somos instruídos sobre o cuidado com a nossa saúde física estando inclusos aí cuidados com a alimentação e a prática de atividades físicas.


No livro de Levítico, Deus ditou especificamente a Arão e Moisés quais alimentos eram permitidos e quais estavam proibidos ao povo (capítulo 11). Muitas teorias com relação a estas ordenanças foram lançadas, mas vale ressaltar que muitos dos alimentos ali mencionados não são considerados saudáveis pelos nutricionistas. Hoje vivemos debaixo da nova aliança e seguir esta dieta é opcional, mas não quer dizer que estamos liberados para comer tudo o que dá vontade em todo tempo. Domínio próprio é um fruto do Espírito (Gálatas 5.23). A alimentação é uma necessidade e é nosso direito saboreá-la nos momentos adequados, em porções adequadas.

Quando dispomos de bem-estar físico, nos tornamos mais dispostos as atividades do dia a dia, vivemos mais felizes e isto é benéfico não somente para nós mesmos, mas também para todos ao nosso redor, pois o bom humor é contagiante e este é só um dos benefícios do cuidado com a nossa alimentação. Podemos ler no livro de Provérbios 17.22 que “O coração alegre é bom remédio, mas o espírito abatido faz secar os ossos.” Estarmos bem fisicamente, nos sentirmos bem com relação ao nosso corpo e com ambiente ao nosso redor, reflete diretamente sobre a saúde do nosso corpo. Não precisamos exagerar no cuidado com a alimentação e com a saúde do corpo, mas mantendo uma rotina de hábitos saudáveis com certeza os benefícios serão para a vida toda.

E agora vem a melhor parte. Nós como administradoras do lar, somos responsáveis pela alimentação de nossa família (mesmo que você tenha empregada, o cardápio é de sua responsabilidade – Provérbios 31.15). Por isso a partir de amanhã iniciaremos uma série especial sobre alimentação e planejamento de cardápios. Espero que vocês gostem e que ponham em prática. Mas antes disso, se for o seu caso, vamos fazer uma oração pedindo a Deus que nos perdoe por negligenciarmos os cuidados com o corpo que ele nos presenteou.

"Pai amado, te agradeço pelo corpo que me destes e aos meus familiares. Peço perdão se não reconheci o teu amor por mim através deste corpo e o presente que é ser desta forma única que o Senhor nos criou. Peço perdão por todas as vezes que reclamei e me achei feia. Peço perdão se não exerci minha função como administradora do lar de forma completa, negligenciando os hábitos alimentares e de atividades físicas do meu esposo e filhos. Prometo ao Senhor que a partir deste momento irei zelar por cada um destes santuários do Teu Espírito. Em nome de Jesus, amém!"

Não deixe de participar deste blog. Comente esta postagem abaixo. Utilize o nosso formulário de contato para sugestões, testemunhos e pedidos de oração. Vamos crescer juntas em Deus. Amém?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...